O PAPEL DAS TIC NA CONSERVAÇÃO DA CULTURA E DA IDENTIDADE.

Difusão do património cultural nas tecnologias de informação e comunicação, que impactos?

 O objectivo deste trabalho insere-se numa análise, relativamente ao impacto da evolução das TIC sobre a divulgação do patrimonios culturais (museus). Os museus têm como objectivo de estudar, divulgar e preservar diferentes tipologias de património cultural. Mas actualmente, deparamos com o novo conceito que é museu virtual, isto é, através das inovações tecnológicas, os museus têm vindo a divulgar e a preservar patrimonios culturais através da internet, permitindo assim levar informações e conhecimentos de uma forma descentralizada ao público não presencial, levando a que eles tenham acessos individuais e poderem desfrutar de uma gama de serviços audio, video e imagens de forma autónoma e mais acessivel em qualquer canto do mundo.

As TIC são meios utilizados em grande escala por varias instituições culturais com o objectivo de informar, comunicar e consolidar a projecção externa das mesmas face ao público individual e atrair novos visitantes. No entanto, esse elemento de identidade, de memória colectiva tem um papel predominante no desenvolvimento da comunidade local onde se insere, fortalecendo a identidade dessa comunidade insentivando o desenvolvimento economico, social, turistico e cultural.

 De modo geral, com elevada importância para os museus, são inúmeras vantagens apresentadas pela internet, desde logo a possibilidade de estruturação da informação, recorrendo ao hipertexto, em diferentes níveis articulados em função do utilizador a que dirige, dos seus interesses e necessidades e de organização dos conteúdos de acordo com as estratégias divulgativas ou educativas da instituição. A interactividade é uma das características da internet que favorece a os museus, principalmente a níveis didácticos e interactivo, em meios formais e não formais. Ela facilita a relação activa entre o utilizador e os bens culturais, o utilizador converte-se de um espectador passivo para o sujeito activo, podendo interagir com a informação disponibilizada. Nesse sentido, a internet é um meio transversal nas instituições culturais com o objectivo de informar, comunicar e dar a conhecer o museu e a colecção, de consolidar a projecção externa da instituição, e atrair novos visitantes quer virtual querem presenciais.

No que se refere ao caso português, em 1991 foi criado o Instituto Português de Museu, IPM, com competência administrativa própria ao qual seria confiada a gestão dos museus e que estivesse exclusivamente vocacionado para problemas do sector. Tutelado pelo ministério da cultura, o IPM tem como competência promover e assegurar a política museológica nacional.

Museu Nacional de Arqueologia, Museu Nacional de Arte Antiga, Moseu de Etnologia, Museu Nacional de Soares dos Reis, Museu Nacional de Azulejo, são alguns dos museus que têm serviços dependentes do Instituto Português de Museus.

Estes museus apresentam e divulgam progamações dos serviços educativos, mas a maioria dos museus portuguese têm serviços de caracter informativos, e que vai sendo complementada progressivamente pela disponibilização de vários recursos que abrangem diferentes campos de acções e se destinam a satisfazer diferentes tipos de públicos como criação de lojas virtuais com a disponibilização de catálogos de publicação, réplicas e merchandising e vendas online aproveitando as vantagens da internet.

 Em jeito de finalização e aproveitando as palavras de Carla Laranjeira pulicado seu artigo “A Reinvenção da Arte através do ciberespaço”, “mais do que nunca, podemos hoje visitar os maiores museus do mundo, a qualquer hora, de qualquer lugar. A divulgação atráves da internet do acervo artistico de um museu é um factor importante, quer do ponto de vista cultural, quer artistico. Para uma instituíção cultural a divulgação do seu patrimonio arquitectónico e artistico é um aspecto cada vez mais importante da sua actividade. A difusão do seu acervo, além do intuito cultural, conduz à programação do turismo na região onde se encontra”. Portanto, de uma forma breve e dando resposta aquestão de inicio, os impactos da difusão cultural com as inovações tecnológicas residem principalmente na desposição de um conjunto de conteudos culturais que procuram responder as necessidades dos diferentes público e a exigencia da actualidade.        

Páginas Web:

Mosteiro de Tibães, http://www.mosteirodetibaes.org/pagina.aspx?mid=232 (aced. 12 de Dezembro de 11)

Moseu Nogueira da Silva, http://www.mns.uminho.pt/(aced. 16 de Dezembro de 11)

Instituto Português de Museus, http://www.ipmuseus.pt/(aced. 16 de Dezembro de 11)

Balsa Carvalho de Pinto, Joana Maria, 2007, Museus e internet. Recursos online nos sitios Web dos museus nacionais portugueses, Revista TEXTO de la CiberSociedad, 8. Temática Variada. http://www.cibersociedad.net (aced. 22 de Dezembro de 11)

Carla laranjeira, A Reivenção da Ate atravéz do ciberespaçohttp://clctae.blogspot.com/ (aced. 23 de Dezembro de 11).

Admaier Will Martins de Sousa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: