Romeu e Julieta: o protótipo do amor juvenil

Romeu e Julieta (título original em inglês: “Romeo and Juliet” ) é uma tragédia escrita por William Shakespeare, no início da sua carreira, entre 1591 e 1595. Conta história sobre dois adolescentes apaixonados cuja morte acaba unindo duas famílias rivais da cidade italiana de Verona: os Montecchios e os Capuletos. A peça ficou entre as mais populares na época de Shakespeare, sendo uma das suas obras mais levadas aos palcos do mundo inteiro.

Romeu e Julieta baseia-se num conto italiano traduzido em versos como “A Trágica História de Romeu e Julieta” por Arthur Brooke em 1562, e retomado em prosa como “Palácio do Prazer” por William Painter em 1582. Esta tragédia de Shakespeare inspirada em ambos, pertence a uma tradição de romances trágicos que remonta à antiguidade. Para expandir a história, Shakespeare reforçou a acção de personagens secundários, especialmente Mercúcio e Páris. Como estrutura dramática, este optou pela comutação entre a comédia e a tragédia para aumentar atenção; a criação de sub-enredos e o foco em personagens secundárias embelezaram e aumentaram o enredo. Sinal precoce da sua habilidade dramática e maturidade artística.

Durante mais de 500 anos, Romeu e Julieta tem sido adaptada e servido de inspiração a histórias desde o teatro, cinema, música, literatura e pintura.

 Pintura a óleo de 1870 por Ford Madox Brown retratando a famosa cena do terraço de Romeu e Julieta

Enquanto William Davenant tentava revigorá-la durante a Restauração Inglesa, e David Garrick modificava cenas e removia materiais considerados indecentes no século XVIII, Charlotte Cushman, no século XIX, apresentava ao público uma versão que preservava o texto de Shakespeare. A peça tornou-se memorável nos palcos brasileiros com a interpretação de Paulo Porto e Sônia Oiticica nos papéis principais, e serviu de influência para o Visconde de Taunay em seu Inocência, também baseado em Amor de Perdição, de Camilo Castelo Branco, considerado o “Romeu e Julieta lusitano”. Além de se mostrar influente no ultrarromantismo português e no naturalismo brasileiro, Romeu e Julieta mantém-se famosa nas produções cinematográficas atuais, notavelmente na versão de 1968 de Zeffirelli, indicado como melhor filme, e no mais recente Romeu + Julieta, de Luhrmann, que traz seu enredo para a actualidade. É sobre este último que decidi falar também com mais atenção.

Romeo + Juliet é um filme norte-americano de 1996, dirigido por Baz Luhrmann.

Cena do filme “Romeo + Juliet” 1996

Romeo and Juliet – Movie Trailer

O roteiro, do próprio diretor e de Craig Pearce, baseado na obra de Shakespeare, foi adaptado a um ambiente contemporâneo (a cidade de Verona é substituída pela fictícia Verona Beach nos EUA, onde as espadas viram pistolas fabricados pela empresa “Sword”), com basicamente os mesmos diálogos e versos da peça original.

Neste filme, focado na “sociedade grossa, violenta e superficial” da Verona Beach e Sycamore Grove, Montéquios e Capuletos são duas famílias com conglomerados empresariados que disputam o poder e tal como na história original, se odeiam. Enquanto os pais de Julieta Capuleto tentam fazê-la casar com o filho do governador, Dave Paris, Romeu Montéquio e seu primo Benvólio são levados por Mercúcio, o seu amigo “travesti”, para um baile dos Capuleto. Lá Romeu e Julieta se apaixonam, mas o primo de Julieta, Tebaldo, percebe o membro da família rival e Romeu é forçado a fugir. Os dois passam então a tentar acabar com este romance devido às guerras familiares. O final é o mesmo que na peça e os dois jovens acabam por morrer num ambiente trágico.

Baz Luhrmann, e sua banda sonora constituída por Garbage, Gavin Friday, Butthole Surfers, The Cardigans, Radiohead, The Wannadies e Des’ree, entre outros, atraiu para os cinemas um público bastante jovem.

 

 

Ana Raquel Castro Ferreira – PG20953

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: